Relato de parto da Kamila Oliveira – Nascimento do Jorge na Maternidade Brasília

WhatsApp Image 2018-06-16 at 20.10.09
Jorge Felix de Oliveira Mourão nasceu dia 16/06/2018 ás 17:46 no Hospital Maternidade Brasília de Parto natural.

Doulas: Rede Ocitocina – Yohanna
Amiga: Alessandra Nunes


Ás 05:00 da manhã do dia 16 comecei a sentir cólica, uma cólica persistente e diferente. Tinha medo de ser alarme falso, sempre tive, tudo que podia ser um começo do trabalho de parto (TP) eu achava que era muito leve e que era alarme falso 😅 então nesse dia não podia ser diferente, achei que era só cólica que ainda não era a hora. Me enganei! Acordei às 05 sentindo dores e vontade de ir ao banheiro, achei queres tudo, cólica intestinal, infecção de urina não consegui mais dormir depois disso, levantava o tempo todo pra ir ao banheiro, agachava e me alongava pra melhorar a dor nas costas que eu achava que era da cama 😅, às 08 fui no banheiro e saiu um pouco de tampão no papel, achei q era muco 😅 já tinha saído algumas vezes antes parecido cm aquele então não tinha certeza se era tampão, mas mesmo assim avisei uma amiga que foi meu maior estímulo à ter o parto normal desde o início, ela que me apresentou as minhas doulas e tinha tido um PN a pouco tempo atrás. Avisei pra ela as 08:30 q o tampão tinha saído é falei tudo q tava sentindo e ela já se animou mas eu ainda estava cm ressalva! N queria avisar as doulas nem meu marido pra ninguém ficar ansioso nem cair em um alarme falso. Ela me fez fazer testes para ver se a bolsa tinha rompido, porque eu tinha sentido escorrer um tiquinho quando acordei e me fez tirar uma foto do meu bumbum pra ver se tinha a linha púrpura (sim temos essa intimidade kkkk) e lá estava ela bem fraquinha mas dava pra ver! Ela ficou me estimulando a contar pro marido mas eu não contei, avisei as doulas porque elas iam dar curso naquele dia e tinha que avisar antes pra elas se prepararem. Resolvemos (eu e amiga) que era melhor eu tomar banho quente pra ver se ia engrenar ou parar, foi o divisor de águas do trabalho de parto, (indicação minha então meninas, tomem banho quando acharem que estão em TP) fiquei uns 20 minutos debaixo da água, foi reconfortante mas não passou a cólica e comecei a ter muito gases, (outra achado, pensei que eram só gases 😅 não ia cair a ficha que era TP), quando sai do banheiro deu muita vontade de fazer 💩, me espremi toda e consegui me aliviar e quando me limpei lá estava meu tampão com sangue 🤗🙌🏻 ou seja TP ativo aí vamos nós, foi ali que caiu minha ficha de que meu filho ia nascer. Depois que saiu o tampão começaram as contrações, é algo surpreendentemente diferente de tudo que eu esperava, era sim parecida cm as contrações de treinamento, mas as pessoas falam tão mal da dor que eu esperava sofrer e não foi assim, você sente um aperto, um formigamento com uma dorzinha lá longe, mandei uma mensagem pro marido com a foto do tampão e a legenda “parabéns seu filho vai nascer” 😅 pra amenizar de como eu contei pra ele q estava grávida (uma outra história, mas posso deixar claro que não foi legal 🤦🏻‍♀).
Marido começou a arrumar tudo, escondendo da minha mãe, que achei que ia ficar ansiosa, assistimos o jogo da copa que estava passando na sala cm meus pais, tomei café, tomei sol, brinquei cm os cachorros, esperamos até as 13:30 pra contar pra minha mãe, quando estava bem mais forte que no início,eu já tinha que parar e concentrar na hora de contração, ela nos chamou para almoçar e quando cheguei na sala e contei pros meus pais, ele ficaram tão tranquilos quanto eu estava, só me enganei o dia todo 😅.
Sentamos para almoçar, as contrações já estavam de 4/4 minutos cm duração de 40/50 segundos, na segunda garfada eu enjoei, não consegui mais comer e quando tentei ficar deitada na cama veio uma contração forte e o marido já tinha chamado pra ir pro hospital 20x, foi na hora dessa contração q eu aceitei, levantamos arrumamos o resto das coisas, eu já tinha q me agachar pra aguentar a contração quando ela vinha, já estava de 3/3 minutos com duração 50s, mas ainda super suportável então eu estava cm medo de ir pro hospital e sofrer intervenções desnecessárias, mas aceitei ir.
Dei tchau pra td mundo, minha mãe injuriada pq n ia ver o parto da filha, meu pai tranquilo, me desejou um bom parto. Seguimos para o hospital as 14:00, chegamos às 14:30, já entrei pra triagem direto enquanto o marido fazia a ficha. Enfermeiras ótimas me ajudando em td, só faziam os procedimentos hora q a contração passava.
Me encaminharam pra médica que parecia ser pró parto natural (parecia), fez o toque e toda minha tranquilidade foi embora, 2/3 cm de dilatação, a única coisa que pensei foi não vou aguentar, se está assim agora imagina mais pra frente?
Ela pediu um cardiotoco e disse p eu não desanimar que as contrações estavam boas e ritmadas que ia ser rápido!
Eu não tinha comido, tive que lanchar antes de fazer o cardiotoco, agachava enquanto esperava a comida, as contrações estavam bem fortes, já estava tão cansada que dormia entre as contrações no exame. Quando acabou o exame meu marido foi na médica levar o resultado, ela falou p ele que estava ótimo e que ia me internar, quando cheguei no consultório ela me perguntou como estava, eu já estava acostumando cm as contrações e disse q tinha diminuído 😅🙄 sim eu fiz isso 😕 acho que era mais o meu medo de ser falso alarme kkkkk e por causa do banho de água fria de 2/3 cm qnd cheguei!

WhatsApp Image 2018-07-13 at 22.35.48Meu marido e a médica ficaram sem entender como tinha diminuído, a médica nem quis fazer outro toq, indicou irmos caminhar lá fora pra ver se melhorava, mas pra não ir muito longe e para se estourar a bolsa, sangra ou sentir muito mais dor, voltar!
Fomos caminhar, chamei o marido pra ir pro shopp, já devia estar alucinando, kkkk ele lógico disse q não!
Caminhamos por uns 5 minutos e falei p irmos pro carro pq eu queria agachar, (agachar é vida no TP) ele abriu a porta e segurou uma toalha na minha frente pra eu poder agachar, pq estava de vestido e sem calcinha 😅, agachei uma, duas, na terceira hora q levantei a bolsa estourou! Que nervoso, falei pro marido amor estourou, mas não sei se foi a bolsa ou se fiz xixi 😅🙄 (existe pessoa que confia menos em si do que eu?) ele olhou o líquido tinha pedacinhos brancos no chão e assim ele decidiu que era a bolsa. Na hora que estourou, eu agachei pq veio uma contração enorme e super diferente! E quem disse que eu conseguia levantar? Falei varias vezes que não ia conseguir levantar, que ia ser ali, pro marido me dar a toalha q eu ia deitar ali, o resto de tampão tinha saído junto cm a bolsa, a toalha estava toda suja de tampão e líquido amniótico, foi quando a contração passou e eu no impulso levantei e sai correndo 🏃‍♀ o marido guardando as coisa me pedindo pra esperar e eu só pensava em chegar logo lá dentro, no meio do caminho outra contração, apoiei em uma árvore e esperei passar, marido já estava do lado, passou a contração sai correndo de novo entrei no hospital já fui direto pra sala da médica, cheguei lá toda suada e dizendo: Dra a bolsa estourou, contração tá muito forte e em seguida agachei! A vontade de fazer força já estava enorme e eu não conseguia não forçar, quando vinha a contração eu gritava o marido pra apertar meu quadril como aprendemos no curso das doulas de pré parto, era um alívio maravilhoso! Deitei na maca quando passou a contração e a médica veio fazer o toq, 7/8 cm colo super baixo ia nascer agorinha, a médica que eu achava ser pró parto normal, disse – vou te dar uma ajudinha, foi quando senti ela colocando mais dedos e tentando girar, ali eu acordei e gritei NÃO DRA, na hora ela tirou a mão e falou que td bem. Me levaram pra uma sala de triagem que só tinha a maca e um computador. Eu de quatro na maca, tinha um enfermeira só pra ficar cmg me trouxeram uma roupa do hospital e eu já tirei meu vestido na hora e prendi o cabelo. Sabia q estava nascendo, ali eu não tinha doq duvidar!
Minha doula chegou, era a doula de backup (não sei se destino ou o quê, mas era a doula q eu tinha escolhido no começo, a que eu queria pra estar lá cmg, pq precisava de alguém como ela pra me balancear, eu razão e ela emoção, a calmaria no meio de tanto trovão, demorei meses pra escolher, elas são uma empresa de 4 doulas e vc pode acolher a que mais gostar para te acompanhar e acabei escolhendo pela razão outra doula que não essa, mas o destino me deu um presente e foi ela que esteve lá cmg) quando ela chegou o médico que ia fazer o parto estava chegando tbm ela toda delicada me perguntava as coisas e eu só acenava que sim ou não e as vezes respondia pequenas palavras! Meu marido sempre do lado, o cuidado dele foi tão maravilhoso que não caberia nesse relato!

WhatsApp Image 2018-07-13 at 22.35.46Continuando, quando o médico chegou e fez o toq, já estava qse 10cm e a partolândia me consumia, eu escutava tudo ao redor mas nem esboçava reação quando falavam cmg, não abria os olhos, nada importava, era só eu e a contração, quando ela vinha eu me agarrava a lateral da maca (deitei nesse momento mas as dores pioraram muito deitada e meu marido e minha doula me lembraram de levantar, todos sendo super calmos e tranquilos cmg, levantei e meu marido me fez apoiar na cabeceira, e foi ali que me instalei, ngm ia em tirar dali😅) e só aguentava até passar, já não via mais espaçamentos entre elas, pra mim eu sempre estava na contração, o médico só avisou pra td mundo que já era para descer que eu não ia para pré parto nenhum!
(cremos pelas contas que fiquei qse uma hora nessa sala de “triagem” depois do parto descobri o porque, quando casei troquei meu sobrenome e meu serviço não fez a troca dos nomes então no meu plano de saúde estava cm o nome solteira, por causa do bebê eu tinha que me cadastrar cm o nome de casada para já sair cm a liberação cm o nome certo, aí o plano não queria liberar pq era um nome diferente que estava no pedido).

Médico não quis saber se o plano tinha liberado, eu ia descer agora pq ia nascer. Fomos para o centro cirúrgico, eu de quatro apoios na maca (ngm ia me tirar dessa posição 😅) e cm a roupa do hospital aberta, partolândia, até meu marido entrou na partolândia pq ele nem pensou em fechar a roupa kkkkkk eu não tava nem aí, nem pensei que tava td mundo vendo. Meu marido e o médico correndo para trocar de roupa e eu lá nas contrações, chega td mundo e vejo que estava na sala humanizada, cm banheira, luz especial, bola, banqueta, rebozo, td que eu tinha direito e sempre quis.
A doula me pergunta se eu queria usar algo e a minha resposta, a única que saiu até ali foi, – eu só quero que tirem ele logo! 😅 não era dor, não era nervoso, era o puxo, algo estranho demais que consumia toda minha força e foco! Eu fazia força sem ver, não sentia mais dor e nem contração, fazia aquela força, sentia todo o círculo de fogo mas no final soltava o ar com um grito abafado, perdia toda a força e sentia o bebê voltar no canal, que eu me lembre foi umas 3x q ele foi e voltou no canal!
Médico dizendo que eu n podia gritar, que o grito fazia eu soltar o ar e perder a força, nesse momento eu entendi pq as pessoas falam para não gritar, a diferença do meu médico é que ele foi gentil e explicou o porque de não soltar o ar explicou tbm que o bb estava ali ja, que já ia nascer que estava vendo os cabelinhos, perguntou se podia ajudar, permiti, ele usou vaselina e usou os dedos para ajudar o bebê a virar no canal, na primeira tentativa gritei de dor e ele tirou a mão na hora. Foi quando meu anjo-doula falou no meu ouvido respira, só faz força na contração, ali eu parei, me conectei no mundo dnv e disse que n estava sentindo a contração, nervosa falei que não tava vindo contração, – Cadê a contração, falei brava 😅 já meio assustada. WhatsApp Image 2018-07-13 at 22.35.50
Até que fui começando a sentir (pq a contração da uma pressão antes de começar a dor, o corpo tão perfeito que avisa a gente que vai começar) e reagi dizendo – É agora, tirei forças de onde não tinha e segurei, pensando agora ele sai, vou desmaiar mas não vou soltar! E foi aí que eu senti a cabeça sair 🤗 e n parei com a força continuei e senti o corpinho sair tbm, cm uma ajudinha do médico cm os dedos, meu pequeno nasceu! Tanta força que fiquei ali me recuperando quando o médico perguntou se eu n queria virar pra ver o meu Jorge, porque ainda estava de quatro apoios encima da maca e ali acabava toda “agonia” da gestação e do tp, ja estava recomposta, nem parecia que tinha acabado de parir! Me virei e recebi meu branquelo no colo, não pude aproveitar muito e a pediatra veio dizendo que ia precisar clampear o cordão agora que ele estava cansadinho que ia precisar de cuidados imediatos, olhei pro marido, pra doula, sem saber o porque, dizendo que não queria, que queria que o sangue do cordão retornasse todo, minha doula explicou que ele ia precisar ir, que o sangue do cordão já tinha voltado quase todo que nesse caso seria necessário, cm o coração apertado permiti.
O marido conta que a médica perguntou se ele queria cortar, e que ele disse que não, mas que era que não queria que cortasse naquele momento e acabou que ele não cortou o cordão, mas por ele ter se enganado, não por causa do pessoal da maternidade. Meu bebê foi atendido na mesma sala que eu enquanto minha placenta saia (oq foi rápido e indolor, diferente doq me falavam q era outro parto 🤦🏻‍), WhatsApp Image 2018-07-13 at 22.35.52meu marido sempre de olho e o pessoal da maternidade sempre perguntando se podia ou não, não foi usado o colírio, permitimos a vitamina K e a médica aspirou somente nas entradinhas mais por ele estar cm a frequência alterada, mas acabou que meu pequeno não melhorou e foi preciso levá-lo para o oxigênio, marido perguntou se era pra ir junto, falei vai sim, agora é vc q ele tem 😅 e lá foram meus homens. Fiquei recebendo pontos, foram três pontos de laceração, 2 bem superficiais que o médico do deu o ponto por precaução e uma maiorzinho de uns 2cm no lábio exterior, meu maior pesar na recuperação – o trenzinho dolorido 😖, eles deixam uma pontinha pra fora e toda vez q eu sentava essa pontinha apertava o local q já estava machucado 🤕, único pesar da minha recuperação!
Após 2 horas de pós parto meu BB pode voltar p mim (a contra gosto do pediatra que tinha acabado de assumir o plantão, um senhor já de mais idade que não fui com a cara) ainda cansadinho mas melhor, mamou lindamente, cm uma pega ótima! E fomos pro quarto, cm poucas horas que estávamos lá vi bolinhas na boca do meu filho, como tinha ficado cm algumas primas nos hospitais no nascimento dos filhos delas e passei por um aperto cm uma afilhada q teve que ser aspirada pq engoliu sangue no parto e apresentava esse sinal de babar e de fazer bolinhas pela boca, acabei apavorando e chamando a enfermeira que chamou o pediatra o mesmo que não queria deixar meu BB subir cmg, e após contarem a frequência respiratória, a enfermeira contou 62, o médico 61 e meu marido 60. E por causa desse valor que nem alterado é, o médico disse que meu filho precisava ir pra UTI, somente por precaução por ter nascido “cansadinho”, quando vc acha que já passou por tudo q tinha a passar, q as coisas agora iam dar um jeito recebe uma notícia dessa. Não vou falar tanto do período na uti pq já até fiz um post sobre isso no meu face e foi grande e este já está enorme 😅 mas creio que seguraram meu filho na uti por 2 dias e meio sem precisão, acho que por ser sábado e domingo eles seguraram pra ter o aval da fisioterapeuta e da fono que só iam estar lá na segunda, por causa desses 2 dias e meio meu bebê usou fórmula enquanto estava lá pq o leite do banco de leite é só para prematuros e eu não estava produzindo bem pq ele ficou a primeira noite no respirador e não estimulou a minha produção. Mas no segundo dia já pude amamentar mas ainda forçaram um complemento pq ele estava cm a glicemia no limite, nem baixa estava! O tratamento na segunda que eram outros médicos foi totalmente diferente, só nos elogiavam, diziam que ele estava ótimo q n precisava estar ali, que a pega estava ótima q ele n ia precisar de complemento e foi nesse dia q meu pequeno subiu e começamos a vida a 3.

So tenho a agradecer ao pessoal do maternidade, mesmo cm os estresses, sofri muito, segurei muito choro e fui forte pelo meu pequeno mas passou!
Meu pós parto no hospital foi mais agitado q o parto.
Mas só tenho a agradecer ao pessoal do hospital, a minha doula maravilhosa Yohanna Cordeiro @cordeiro.yohanna, da Rede Ocitocina e todas as outras doulas que me ensinaram tudo que hj eu sei e ao meu marido que foi tudo que eu não esperava!

Muito obrigada! E ao meu Jorge que soube nascer!
Mulheres sabem parir e bebês sabem nascer! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s