Violência Obstétrica, a vilã invisível

Violência obstétrica é comum, protocolada e institucionalizada. Por que é invisível? Porque além de pouco discutida, é muitas vezes menosprezada e disfarçada. Assim como o bullying, boa parte das pessoas insiste em naturalizar essa violência porque antigamente todo mundo passava por isso e ninguém reclamava. Por tanta gente ignorar a existência de um problema real, ela se torna imperceptível. Ou quase.